Com tantas opções, como escolher a piscina ideal?

O verão está aí e com ele chega também aquela vontade de tomar sol, nadar, enfim aproveitar as delícias da estação. Se você está pensando em ter uma piscina, seja na sua cobertura, na sua casa ou até mesmo no condomínio, invista nesta ideia. É divertimento garantido para toda família e amigos.

Mas como escolher a piscina ideal? Quando optar pela fibra, plástico ou alvenaria? É verdade que a maior desvantagem da piscina de alvenaria é a maior probabilidade de vazamento? Vamos ver tudo isso neste post. Confira!

Ter o lazer tão pertinho de você e ainda pode receber os amigos nos dias quentes é um privilégio. Mas alguns cuidados são necessários na hora de escolher a melhor piscina para o que é para ser uma alegria não se transforme em um problema com despesas extras. Antes de mais nada, contrate um engenheiro ou arquiteto para elaborarem um projeto customizado para sua necessidade.

Na hora da decisão sobre o modelo mais adequado, você terá que avaliar aspectos como o tipo de terreno disponível para a construção da piscina, a quantidade de adultos e crianças que vão curtir esse espaço, o tamanho do imóvel, o fundo de caixa que você dispõe para esta empreitada, enfim, um planejamento com todas as variáveis envolvidas.

Para calcular o terreno, é fácil. Multiplique a medida da piscina que você deseja ter por dois e você terá a área necessária para sua construção. Depois é escolher o material, levando em consideração o tipo de manutenção exigido, sua durabilidade e resistência.

Veja as vantagens e desvantagens dos principais materiais de piscinas

Cuidado com a infiltração em piscina de alvenaria

Com este material, você poderá decidir mais livremente sobre a forma, profundidade e tamanho que sua piscina terá. Com uma manutenção regrada, os primeiros reparos maiores serão necessários somente após 15 anos de uso. Porém, o investimento, neste caso, é maior, mas acaba compensando. Você pode escolher o tipo de revestimento – azulejos ou pastilhas de vidro – conforme seus critérios de beleza e nível de praticidade para a limpeza.

Fibra de vidro oferece longas garantias

Esses modelos são pré-fabricados em grande escala. Os fabricantes é que definem os formatos e tamanhos, mas o mercado dispõe de uma boa variedade e certamente um deles será do seu gosto. A implantação das piscinas em fibra de vidro é mais fácil e rápida e você vai precisar investir menos do que na de concreto e contar com uma longa garantia.

Elas são bem resistentes a vazamento e sua limpeza é fácil, já que tem superfície que não acumula fungos, bactérias e outras sujidades. Tem fácil manutenção – porém cuidadosa para que não se formem bolhas na superfície -, e pode durar até 10 anos sem grandes reparos.

A desvantagem é não poder utilizar este modelo em edifícios e locais de difícil acesso. Os responsáveis pela instalação da estrutura pré-fabricada precisarão verificar antes se é possível chegar ao local ou há construções no caminho que impedem a passagem de uma piscina com maiores metragens.

Novas tecnologias do Vinil garantem mais durabilidade

Estas piscinas são feitas sobre uma espécie de caixa feita em alvenaria dentro da fundação escavada. O vinil reveste esta caixa. O custo é bastante atraente e este material é ideal para quem quer mais versatilidade em termos de formatos e profundidade. Estas piscinas são construídas com paredes de bloco de concreto e revestidas com material vinílico, cuja duração é estimada em mais de 10 anos. As novas tecnologias oferecem mais durabilidade que há alguns anos.

A principal desvantagem é que o forro de vinil não resiste a objetos cortantes – e se ele romper você pode ter problemas. E prepare-se: para encher a piscina, será necessário contratar um caminhão pipa para não ocasionar rugas na superfície.

Fonte: https://fibersals.com.br/blog/com-tantas-opcoes-como-escolher-a-piscina-ideal/

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Outras Publicações

× Como posso te ajudar?